Neto Móveis
Casa da Construção
Home Blog Página 942

Armando: “Esse alinhamento com Dilma é importante para Pernambuco avançar”

0

No município de Salgueiro, no Sertão Central, o candidato Armando Monteiro (PTB) destacou que a parceria de seu governo com o da presidente Dilma Rousseff vai ser fundamental para que o Estado possa avançar ainda mais. Como exemplo desse alinhamento, o petebista garantiu que vai tirar do papel a Plataforma Logística Multimodal da ferrovia Transnordestina, empreendimento que corta a cidade. Essa obra, executada pela União, vai ser importante para dinamizar a matriz econômica da região.

“Dilma vai ser reeleita porque essa é a vontade do povo. O povo de Pernambuco sabe que o palanque que se vincula ao de Dilma é o nosso. E esse alinhamento de Dilma, Armando e João Paulo é muito importante para que Pernambuco possa avançar”, sublinhou o petebista, em um grande comício. Antes, ao lado do candidato a senador João Paulo (PT), do senador Humberto Costa (PT) e lideranças locais, o postulante a governador liderou uma grande carreata, que mobilizou mais de 3 mil veículos, entre motos e carros.

O candidato a governador frisou que o povo pernambucano não pode colocar em risco a continuidade do desenvolvimento fazendo experimentalismo nesta eleição. O petebista questionou a liderança política que seu principal adversário diz possuir para conduzir os caminhos de Pernambuco pelos próximos anos. “Se eleito, ele seria orientado pelo ex-governador Eduardo Campos. Mas como o líder maior deles já não está mais entre nós, como fica a figura dele?”, indagou Armando, acrescentando: “O povo não pode fazer uma aposta de risco”.

No palanque, o candidato ao Senado João Paulo destacou que um segundo governo da presidente vai fazer com que Brasil expanda seu crescimento. “Todos nós sabemos que Pernambuco e o Nordeste mudaram com Dilma e Lula. Por isso, é importante mantermos essa parceria”.

O senador Humberto Costa enfatizou que vai ajudar a Armando Monteiro a trazer a plataforma multimodal para Pernambuco. “Vou fazer uma articulação com o governo Dilma para que essa obra aconteça”, afirmou. O projeto representa um marco na economia do Sertão Central.  O empreendimento vai abrigar várias operadoras logísticas e contará com uma central de cargas rodoviárias e comercial, terminal ferroviário de cargas, centro administrativo e, futuramente, um terminal aéreo de cargas.

NO RECIFE – Pela manhã, Armando participou de outra carreata, desta vez em bairros da Zona Oeste do Recife. Além de João Paulo, estiveram presentes o candidato a vice, Paulo Rubem Santiago (PDT), e o senador Humberto Costa (PT). A carreata teve início na Avenida General San Martin, no bairro de San Martin, e passou ainda por Mangueira, Mustardinha e Bongi. Por onde passou, Armando respondeu aos acenos da população, cumprimentou os moradores e foi aclamado como futuro governador de Pernambuco.

Da redação/ASCOM

Souza Cobranca
Anderson

Vereadores aprovam projeto que regulamenta serviço de moto taxi no município.

0

pauta para votação o projeto de lei nº 021/2014 oriundo do Poder Executivo que trata da regulamentação do serviço de moto táxi, foi aprovado por unanimidade pelos vereadores da Casa Rodrigo Castor em Sessão Extraordinária.

SAM_4267

Depois de aprovada a lei pela câmara de vereadores agora segue para sanção do Prefeito, institui além da regulamentação do moto táxi, que ficará a cargo do departamento de transporte de passageiros o gerenciamento, fiscalização e operacionalização deste sistema de transporte individual de passageiros.

O presidente do Sindicato da categoria o senhor Roberto usando a tribuna da casa agradeceu aos vereadores pela preocupação e empenho.

ASCOM

Souza Cobranca
Anderson

Armando, João Paulo, Dilma e Lula convocam Pernambuco a ir mais longe

0

Para as novas conquistas é preciso ter experiência, respeito nacional e compromissos com Pernambuco. É dessa forma que o candidato a governador, Armando Monteiro (PTB), apresenta o último guia eleitoral na TV, exibido na noite desta quarta-feira (1º). O ex-presidente Lula e a presidenta Dilma também são destaques no programa de hoje, dando importância essencial à parceria entre o Governo Estadual e o Governo Federal, para melhorar a vida do povo pernambucano.

Para Armando Monteiro, o aprendizado na vida vem através de um conjunto de experiências que a vida proporciona. “Andei em todos os recantos desse Estado. Aprendi ouvindo e dialogando. Conhecendo em cada microregião de Pernambuco, os seus problemas e seus desafios. Mas acho que nesse momento reúno mais experiência, adquirida na direção de importantes entidades empresariais”, ressalta o petebista, que esteve a frente da CNI, do Senai, do Sesi e do Sebrae. “Com a experiência que quatro mandatos parlamentares me proporcionaram, temos condições de fazer uma articulação para fora de Pernambuco. Com os poderes da República, com a comunidade empresarial do país e somar tudo isso, em favor do nosso Estado”, completa Armando.

Voto fechado
O último guia eleitoral também destacou a importância do voto fechado, para que Pernambuco tenha mais quatro anos de investimentos, mais emprego e mais progresso. “Nós precisamos reeleger Dilma, pra continuarmos a manter esse alinhamento que tem feito tanto bem a Pernambuco. Porque João Paulo no Senado fortalece esse conjunto político. Ajudando os projetos de interesse de Pernambuco. Vamos votar fechado. Dilma, Armando e João Paulo. Para construir um amanhã melhor para Pernambuco”, salienta Armando Monteiro. “Dilma tem um conhecimento dos problemas de Pernambuco. Ela tem compromissos com uma série de projetos para Pernambuco. Nós vamos manter essa parceria que fez tanto bem a Pernambuco e que será fundamental para que os pernambucanos celebrem novas conquistas nos próximos anos”, acrescenta.

“No que depender do meu apoio, Armando vai governar para fazer Pernambuco ir cada vez mais longe. Dia 5 de outubro, conto com seu voto no 13, para presidente. E no 14, para Armando Monteiro governador”, declara a presidenta Dilma Rousseff.

Em seu depoimento, o ex-presidente Lula consolida a importância de se eleger um governador alinhado a Dilma e. que tenha um canal direto de diálogo com ela e possa fortalecer, ainda mais, a parceria com o Governo Federal. “Eu tenho uma extraordinária relação com Armando Monteiro, pelo apoio que ele me deu quando era o principal líder empresarial do Brasil e eu presidente da República. Nessas eleições, eu estou pedindo o voto de vocês para Armando governador. Armando é o mais preparado para enfrentar os enormes desafios que o novo ciclo de desenvolvimento de Pernambuco exigirá nos próximos anos”, convoca.

Da redação/ASCOM

Souza Cobranca
Anderson

Ibope: Paulo Câmara 42%; Armando, 34%

0

O candidato da Frente Popular ao Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), ampliou em quatro pontos a vantagem em relação ao seu principal adversário, o postulante da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, Armando Monteiro Neto (PTB), na nova rodada de pesquisa do Ibope, divulgada na noite desta quarta-feira, pela Rede Globo.

O socialista passou de 39% para 42% das intenções de voto em relação à pesquisa anterior, divulgada no dia 23 de setembro, enquanto que o petebista variou um ponto negativamente, saindo de 35% para 34%. Zé Gomes (PSOL) aparece com 1%, enquanto que os candidatos Jair Pedro (PSTU), Miguel Anacleto (PCB) e Pantaleão (PCO) não atingiram 1% das citações. Brancos e nulos somam 9% e 13% não souberam responder.

O levantamento do Ibope também aferiu os números de um eventual segundo turno, possibilidade que não é possível diante do atual quadro. Câmara mais uma vez lidera, com 43% das intenções, contra 34% de Armando Neto.

No quesito rejeição, quem lidera é Pantaleão, com 28%. Ele é seguido por Zé Gomes e Jair Pedro, ambos com 24%, Miguel Anacleto (23%), Armando Neto (21%) e, por fim, Paulo Câmara, com 21%.

A pesquisa Ibope foi realizada entre os dias 28 e 30 de setembro, quando 2.002 pessoas de 81 municípios foram entrevistadas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número PE-00034/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo BR-00916/2014.

Da redação/Folha-PE

Souza Cobranca
Anderson

Guia Eleitoral: Dilma tem pedido de direito de resposta negado pelo TSE

0

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por unanimidade, negou à coligação Com a Força do Povo, da presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), direito de resposta em propaganda do candidato Aécio Neves (PSDB). A campanha da petista alegou que propaganda eleitoral veiculada pelo tucano sobre aposentadoria continha conteúdo sabidamente inverídico.

Na propaganda, um interlocutor dizia a Aécio que o governo da presidente Dilma “não deu um centavo de aumento para os aposentados”. O relator, ministro Admar Gonzaga, negou o pedido e disse estar de “inteiro acordo” com a jurisprudência firmada pelo TSE para as eleições de 2014 no sentido de que informação inverídica deve vir junto a uma ofensa para possibilitar direito de resposta, o que não se verificou no caso.

Da redação

Souza Cobranca
Anderson

Homofobia Janot abre ação para investigar declarações de Levy Fidelix

0

O procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot, abriu nesta quarta-feira (1º) investigação preliminar para apurar o conteúdo das declarações do candidato à Presidência da República Levy Fidelix (PRTB).

Fidelix foi acusado de homofobia por defensores dos direitos LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros), que acusam o candidato de ter incitado o ódio contra eles durante o debate entre os presidenciáveis, no último domingo (28), na TV Record.

2b6a5d702534463d457e28e4fc44cb5aJanot abriu a investigação preliminar após receber reclamações de cidadãos e uma representação da Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil. O procurador deu prazo de 24 horas para que o candidato apresente sua manifestação à Ptocuradoria-Geral da Republica.

Segundo o procurador, as declarações de Levi Fidelix ultrapassaram os limites da liberdade de expressão. “Ser contra homossexuais e suas práticas, ou contra a união entre eles, é opinião que se insere na proteção da liberdade de expressão. Todavia, da fala de Levy Fidelix decorre convite à intolerância e à discriminação, permitindo, em princípio, sua caracterização como discurso mobilizador de ódio.

Após o debate, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu três representações contra Levi Fidelix, por homofobia, durante a campanha eleitoral.

Da redação.

Souza Cobranca
Anderson

Ibope para o Senado: João Paulo 36%; Bezerra Coelho, 30%

0

Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (1) para o Senado aponta que o candidato da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, João Paulo (PT), tem 36% das intenções de voto. Em seguida, aparece o candidato da Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB), com 30%. Simone Fontana (PSTU) e Albanise Pires (PSOL) estão com 1% cada. O postulante Antônio Oxis (PCB) não chegou a alcançar 1% das citações.

Brancos e nulos somam 12% e os que não souberam responder somam 20%. O último levantamento do instituto, divulgado no dia 23 de setembro, apontou João Paulo com 34% e Fernando Bezerra Coelho com 28%.

A pesquisa Ibope foi realizada entre os dias 28 e 30 de setembro, quando 2.002 pessoas de 81 municípios foram entrevistadas. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número PE-00034/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo BR-00916/2014.

Da redação/Folha-PE

Souza Cobranca
Anderson

Campanha: Aécio diz que PSDB entrará na Justiça contra os Correios

0

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, classificou de ‘estarrecedora’ a denúncia publicada nesta quarta-feira (1º) no jornal O Estado de S.Paulo de suposto uso político dos Correios nesta campanha. Aécio informou ainda que sua campanha apurou também que as correspondências do partido no Estado não foram entregues. “Investigamos a denúncia e vimos que os Correios não entregaram nossa correspondência de campanha em Minas Gerais, é inimaginável colocar uma empresa a serviço de uma campanha eleitoral (PT), disse Aécio.

O candidato do PSDB disse que sua coligação está entrando na Justiça para responsabilizar criminalmente o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro, “e todos que participaram deste crime”. E reiterou: “Queremos a criminalização dos responsáveis por esta ação perversa dos Correios”.

Segundo o tucano, é grave que os Correios, uma empresa secular e que sempre foi respeitada, não estar cumprindo com suas responsabilidades. “Não basta o que governo PT fez com a Petrobras e com o Estado brasileiro”, destacou, dizendo que está empresa secular se submete ao comando do PT.

Nas críticas, Aécio disse que o PT não respeita os adversários e quer vencer essas eleições no grito. “Mas não vai vencer no grito, quem vai vencer somos nós, para profissionalizar nossas empresas e colocá-las a serviço da população e não para um projeto de poder (PT)”, emendou. As declarações de Aécio foram feitas antes de uma caminhada na cidade de Mogi das Cruzes, ao lado de correligionários como o governador da São Paulo e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin.

Nessa terça-feira, o portal do Estadão revelou um vídeo em que o deputado estadual Durval Ângelo (PT-MG) afirma que a presidente Dilma Rousseff só chegou aos “40%” das intenções de voto em Minas Gerais porque “tem dedo forte dos petistas nos Correios”. A fala do parlamentar foi feita durante uma reunião da qual participou com dirigentes dos Correios e o presidente da empresa.

Da redação/JC

Souza Cobranca
Anderson