Governo de Pernambuco vistoria obras e anuncia novas intervenções em Petrolina

Governo de Pernambuco vistoria obras e anuncia novas intervenções em Petrolina

0
COMPARTILHAR

Ações fazem parte do Programa Caminhos de Pernambuco e tratam da reestruturação da malha viária estadual.

Em visita à cidade de Petrolina, no Sertão do Estado, nesta segunda-feira (10/6), a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, conferiu de perto o andamento das obras na localidade, que começaram por duas das importantes rodovias da região, as PEs 626 e 647. A iniciativa, lançada pelo governador Paulo Câmara no dia 20 de maio, está sendo executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e tem como objetivo melhorar as condições de trafegabilidade nas estradas, dando mais conforto e segurança aos usuários. Além disso, a gestora anunciou, no Distrito de Irrigação Nilo Coelho e no Núcleo Maria Tereza, a recuperação das PEs 638 e 636.

Na PE-626, estão sendo realizadas as intervenções de capinação e requalificação do pavimento no trecho de 47 quilômetros de extensão, seguindo da área urbana de Petrolina, margeando o Rio São Francisco até o entroncamento com a BR-428, passando pelos distritos de Pedrinhas e Nova Descoberta. Está prevista ainda a execução dos serviços de desobstrução dos dispositivos de drenagem e, posteriormente, sinalização. A iniciativa vai facilitar a mobilidade, o escoamento da produção agrícola da fruticultura irrigada da uva, manga, acerola e goiaba além de incrementar o ecoturismo local, importante para o desenvolvimento da região sertaneja.

Já na PE-647, principal via de acesso ao Aeroporto de Petrolina, os trabalhos de requalificação do pavimento foram iniciados a partir do perímetro urbano do município, e segue em andamento até a divisa de Pernambuco com a Bahia. O prazo de conclusão é para o final de julho.

“É com muita satisfação que visitamos as intervenções do Programa Caminhos de Pernambuco em Petrolina e anunciamos as próximas vias que receberão as melhorias. O Governo do Estado tem atuado incessantemente com foco no planejamento e na garantia de trazer cada vez mais benefícios para a população. Tivemos a preocupação de montar um programa bem planejado e com rotas otimizadas, levando em conta o tráfego da via, escoamento de produção, desenvolvimento regional, ente outros fatores técnicos”, disse Fernandha Batista. De acordo com a programação, a expectativa é iniciar as intervenções nas PEs 638 e 636 a partir do mês de agosto.

Também participaram da agenda os deputados estaduais Dulcicleide Amorim e Lucas Ramos e o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim.

O PROGRAMA – O Caminho de Pernambuco vai investir R$ 505 milhões na recuperação de 5.554,5 quilômetros de rodovias até 2022. A previsão é requalificar, já no primeiro ano de atuação, cerca de dois mil quilômetros. O Programa, que busca otimizar e eficientizar a gestão da manutenção do pavimento, prioriza ações de manutenção corretiva e preventiva, voltadas para a garantia da trafegabilidade nas estradas, além de maior durabilidade ao pavimento. O foco está nos serviços de capinação, desobstrução dos dispositivos de drenagem, requalificação asfáltica, além de sinalização vertical e horizontal.

As intervenções propostas foram resultados de análises técnicas, que indicaram o tipo de material e intervenção necessária para cada situação identificada nas estradas. Para otimizar os serviços, as rotas foram traçadas de acordo com a logística de cada região, levando em conta o escoamento de produção, rota turística e, inclusive, fatores climáticos, para a definição do calendário de execução das obras.

Anderson
Neto Móveis

DEIXE UMA RESPOSTA

20 − dezoito =