Home Cotidiano Deputado Antônio Fernando Busca União de Forças Políticas em Defesa da Realização...

Deputado Antônio Fernando Busca União de Forças Políticas em Defesa da Realização do Projeto Original da Ferrovia Transnordestina, com Ramal até Porto de SUAPE

0

O deputado estadual Antonio Fernando (PSC-PE), cumpriu nesta quinta-feira (05.08) uma intensa agenda parlamentar na Assembleia Legislativa do Ceará – ALECE, em Fortaleza.

Ao lado do também deputado estadual, Guilherme Landim (PDT-CE), Antonio Fernando defendeu junto aos deputados cearenses a união de forças políticas do Nordeste para defender a realização do projeto original da Ferrovia Transnordestina.

“Não podemos aceitar a decisão do Governo Federal, anunciada pelo Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, de dar prosseguimento às obras da Ferrovia Transnordestina apenas no trecho que vai até o porto de Pecém, no Ceará; deixando de lado o ramal da ferrovia até o porto de Suape, em Pernambuco.

Essa mudança no projeto prejudicaria os dois Estados – Pernambuco e Ceará – e também o Piauí. Para serem realmente eficientes, os ramais da Transnordestina devem ser de mão dupla, interligando não só os dois importantes portos do Nordeste – Suape e Pecém – como também conectando litoral e interior dos Estados”, explicou Antonio Fernando.

Na visita à Assembleia Legislativa do Ceará, o deputado Antonio Fernando conversou e teve posição positiva do Presidente da ALECE, deputado Evandro Leitão (PDT-CE).

Para o deputado cearense Guilherme Landim, “a proposta de união dos parlamentares dos dois Estados em defesa do projeto original da Transnordestina, trazida por Antonio Fernando, foi fundamental. Não é uma questão de confrontar interesses do Ceará e de Pernambuco.  Trata-se de uma decisão que pode causar prejuízos financeiros e ao desenvolvimento dos dois Estados, e também do Piauí, que também pode sair prejudicado com a mudança”, afirmou.

O deputado Antonio Fernando também contactou os líderes das bancadas federais de Pernambuco, deputado Augusto Coutinho (SD-PE); e do Ceará, deputado Genecias Noronha (SD-CE). Ambos se posicionaram favoravelmente à ideia de uma ação conjunta dos parlamentares nordestinos em defesa do cumprimento do projeto original da Transnordestina – com a construção do ramal até o porto de Suape.

“Não é uma questão de interesses de Pernambuco ou do Ceará. A questão é o cumprimento do contrato de realização do projeto da ferrovia inteira”, disse Augusto Coutinho.

De acordo com o deputado Antonio Fernando, “além do prejuízo para o desenvolvimento, há um prejuízo financeiro enorme para a União. As obras da Ferrovia Transnordestina já alcançaram mais de 40% no Estado de Pernambuco; e mais de 30%, no Ceará. Do custo total – em torno de R$ 6 bilhões até agora – a não construção do ramal de Suape pode representar um prejuízo de R$ 2 bilhões do que já foi gasto. Seria como jogar fora uma quantia de R$ 2 bilhões”, concluiu o deputado Antonio Fernando.

Casa da Construção
Neto Móveis 2
Anderson

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × 4 =