Reunião solene na Alepe comemora sanção da lei que tornou capoeira Patrimônio...

Reunião solene na Alepe comemora sanção da lei que tornou capoeira Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco

0
COMPARTILHAR

Está agendada para o início da noite desta quarta-feira, 12, uma reunião solene no Auditório Senador Sérgio Guerra, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), para comemorar a sanção da Lei n° 16445/2018, que tornou a capoeira Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Pernambuco. A comemoração é organizada pelo deputado Zé Maurício (PP), autor do projeto.

Zé Maurício salienta a importância da capoeira. “Sabemos que a capoeira tem uma forte incidência sobre a população pernambucana. Antigamente, a capoeira era marginalizada. Hoje, ela é reconhecida como um esporte tanto cultural como também musical. Em decorrência de todo esse processo, começamos a estudar para tornar a capoeira um bem imaterial cultural de Pernambuco. Em 2008, ela foi reconhecida pelo Iphan; em 2014, pela Unesco e, agora, com essa lei, um bem imaterial de Pernambuco

O Projeto de Lei n° 1709/2017, que deu origem à Lei n° 16445, foi aprovado na Alepe após uma ampla discussão envolvendo a sociedade civil e coletivos de capoeira de Pernambuco. A proposta recebeu pareceres favoráveis da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE), do Conselho Estadual de Preservação Cultural e do Conselho Estadual de Política Cultural.

Neto Móveis
Vet Clinica

DEIXE UMA RESPOSTA

12 − onze =