Auto Escola Araripe
Neto Móveis
Casa da Construção
Home Blog Página 867

Cesta básica aumenta no Recife e em mais 16 capitais pesquisadas em 2014, revela Dieese

0

zlyyc4a7xf-feira114x83O preço acumulado da cesta básica aumentou em 17 das 18 capitais do Brasil pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em 2014 ante 2013 divulgou na tarde desta sexta feira, 9, a instituição. A única queda foi registrada em Natal, onde o valor caiu 1,7%.

Segundo a Pesquisa Nacional de Cesta Básica, as altas mais expressivas (acima de 10%) no valor do conjunto de produtos essenciais foram observadas em Brasília (13,79%), Aracaju (13,34%) e Florianópolis (10,58%). As menores oscilações positivas ocorreram em Salvador (1,01%), Belo Horizonte (1,22%) e Campo Grande (2,36%).

Dezembro

Em dezembro, houve aumento do preço da cesta básica em 16 das 18 cidades pesquisadas. Apenas Curitiba e Fortaleza registram quedas – de 1,07% e 0,07%, respectivamente. As maiores elevações no valor do conjunto de alimentos essenciais foram registradas em Salvador (4,73%) e Recife (4,35%).

São Paulo, por sua vez, foi a capital onde se apurou o maior valor para o conjunto de alimentos: R$ 354,19, alta de 1,79% em relação a novembro. Em seguida, aparecem Florianópolis (R$ 353 10) e Porto Alegre (R$ 348,56). Já os menores custos médios foram observados em Aracaju (R$ 245,70) e Salvador (R$ 267,82).

Com base no total apurado para a cesta básica mais cara, a de São Paulo, o Dieese estima que o salário mínimo suficiente para suprir as despesas de um trabalhador e sua família deveria ser de R$ 2.975,55, ou 4,11 vezes o mínimo em vigor no ano passado, de R$ 724,00. Com o recente reajuste, o salário mínimo em 2015 está R$ 788.

O Dieese realiza mensalmente a Pesquisa Nacional da Cesta Básica nas cidades de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Vitória.

Da redação do blogdoedy.com.br

Souza Cobranca
Anderson

Ministro da Educação fala em realizar um Enem eletrônico

0

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode sofrer mudanças nos próximos anos. Quem confirmou a informação foi o ministro da Educação, Cid Gomes, que se reuniu nesta sexta-feira (9) com representantes do Governo do Estado, no Palácio do Campo das Princesas. Segundo Gomes, o processo de admissão para ingressar em instituições públicas poderá ser eletrônico e aplicado não somente em um fim de semana, mas durante um mês, por exemplo. De acordo ele, a ideia é que a prova seja respondida não mais em papel, mas em terminais de computadores, que contenham um banco de dados com cerca de 80 mil questões por disciplina. No entanto, para o professor Fernando Beltrão, o objetivo é ressuscitar um projeto antigo do Governo Federal, que jamais terá eficácia.

“O discurso é até atraente, mas o sistema é semelhante a um que existe nos Estados Unidos há mais de 50 anos. Para criar um banco de dados como o ministro disse, demoraria de cinco a dez anos para conseguir”, afirmou Beltrão. Caso o projeto fosse aprovado e aplicado, o professor ressaltou que resultaria em um exame mais prático e seguro. “A questão é que o Ministério da Educação quer maquiar o problema atual existente no setor com propostas vazias, sem fundamento, para desviar a atenção da população”, destacou o educador, acrescentando que a aplicação é possível, entretanto, sem condições de ser efetivada por conta do banco de dados das questões.

Para o ministro da Educação, não há prazo para a aplicação do novo sistema no País, mas a proposta é adotar dentro dos quatro anos de gestão. “No livre pensar, a tendência é não estabelecer prazo para isso. O que pretendemos é que não precise de todo esse aparato de guerra, que é a realização de um exame único, no mesmo dia, em todos os lugares do Brasil. Em vez de ser um dia, podemos estabelecer algumas datas com segurança de fiscalização. Colocar um período de um mês para a realização da prova, por exemplo”, declarou Gomes.

A médio prazo, complementou o ministro, a concepção é que seja constituído um grande branco de dados de questões contemplando todas as disciplinas. “Todas as questões serão aferidas, avaliadas e testadas por professores universitários, com um total de 80 mil questões. Esse banco poderá ser público, sem a preocupação com sala cofre”, adiantou o titular da pasta. Ainda segundo Gomes, o novo sistema disponibilizará mais tranquilidade e comodidade aos mais de 6 milhões de estudantes que realizam o Enem. “É só uma ideia. Um conceito em cima de tecnologias que já estão disponíveis”, atestou o ministro.

Enem reaplicado

Os 31 alunos que realizaram o Enem na tarde da última quinta-feira (8), em Escada, na Mata Sul do Estado, Petrolina, no Sertão, e Recife, foram pegos de surpresa ao solicitarem o caderno de questões ao final do exame. Segundo o estudante João Paulo Lustosa, 24 anos, que está tentando uma vaga em Química Industrial, os fiscais não foram autorizados a devolver a prova, o que contradiz a exigência prescrita no edital do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). “Saí da prova faltando menos de 30 minutos para acabar. Sem dúvidas, eu poderia levar, mas não me explicaram o porquê eu não pude levar para casa”, contou o aluno.

Ainda de acordo com o aluno, os fiscais entregaram um papel em branco para os candidatos colocarem o gabarito nele. No entanto, comentou João Paulo, ele não conseguiu a tempo. “Não vou ter como conferir. E o tempo que a gente tinha para anotar o gabarito no papel foi descontado. Ou seja, não adiantou de nada”, desabafou. Para o professor Fernando Beltrão. Se é um concurso semelhante, a regra do jogo é a mesma. “Isso deixa claro de que há algo errado nesse exame e levanta suspeita séria de que seja uma prova copiada de anos anteriores. Por que é cortado esse direito de os estudantes levarem a prova para casa”, questionou o educador.

Da redação

Souza Cobranca
Anderson
0

As repartições públicas ligadas á Prefeitura Municipal de Ouricuri estão funcionando em expediente interno no período que se iniciou nesta segunda-feira, 05, e segue até o dia 20 deste mês. À medida foi tomada por meio do decreto n° 01/ 2015, publicado no último dia 05.

O objetivo é possibilitar que haja uma organização da administração, levantamento interno das secretarias e planejamento das ações para este ano. Além disso, este período será dedicado às prestações de contas da Prefeitura aos órgãos competentes.

O parágrafo único do decreto destaca que o expediente interno não se aplica às atividades essenciais de saúde e serviço urbanos, ficando estas em regime de escala e prontidão.

Da redação do blog do edy.com.br/ASCOM PMO

Souza Cobranca
Anderson

FAB irá divulgar até o fim do mês relatório sobre acidente que matou Campos

0

O comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, afirmou que até o fim do mês a Força Aérea Brasileira (FAB) vai divulgar um relatório parcial sobre o acidente que resultou na morte do candidato do PSB à presidência Eduardo Campos. Segundo Saito, o documento conterá algumas recomendações para a aviação geral. Ele admitiu que a investigação do acidente foi difícil. A caixa-preta do jato que levava o político não registrou as últimas duas horas de voo, os destroços não estavam em boas condições de análise e não houve sobreviventes.

Em agosto de 2014, o então presidenciável Eduardo Campos faleceu após o jato Cessna em que estava cair no Boqueirão, em Santos. Além de Campos, estavam na aeronave o assessor Pedro Almeida Valadares Neto, o assessor de imprensa Carlos Augusto Ramos Leal Filho (Percol), Alexandre Severo Gomes e Silva (fotógrafo), Marcelo de Oliveira Lyra (staff da campanha) e os pilotos Marcos Martins e Geraldo da Cunha. O acidente que matou o presidenciável aconteceu no mesmo dia da morte do avô dele Miguel Arraes. Após a morte do presidenciável, a sua vice, Marina Silva, assumiu a candidatura pelo PSB, mas foi derrotada logo no primeiro turno.

Após o acidente, houve polêmica em torno do avião utilizado, já que a aeronave não apareceu em nenhuma das prestações de contas do partido. O advogado do PSB, Ricardo Penteado, informou então que a utilização do avião foi informada oficialmente ao Tribunal Superior Eleitoral através de uma nota de esclarecimento.

Em dezembro do ano passado, as famílias que tiveram imóveis atingidos pelo acidente começaram a ser indenizadas. Com o impacto, cinco imóveis– entre residências e estabelecimentos comerciais – foram prejudicados, além de dois condomínios nos quais moram 33 famílias. O prejuízo foi calculado em cerca de R$800 mil.

Souza Cobranca
Anderson

ATÉ QUE EM FIM: Programação da Festa de Janeiro será divulgada oficialmente nesta sexta durante coletiva de imprensa

0

Na tarde desta sexta-feira, 09, o Prefeito do Município de Ouricuri, Antonio Cezar Araújo Rodrigues (Cezar de Preto) divulgará a programação oficial das Festas de Janeiro. O anuncio será feito em coletiva de imprensa com representantes da mídia local, no auditório do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest).

Evento esperado pela população, as Festas de Janeiro fazem parte do calendário do município de Ouricuri, e neste ano, os festejos de rua iniciarão na terça-feira, 27 e seguem até o dia primeiro de fevereiro, quando o trio elétrico percorre as principais ruas e avenidas da cidade e saúda os moradores da cidade e turistas.

A festa “mundana” inicia dias após a última noite de novenário do padroeiro da cidade, São Sebastião. A abertura das novenas coordenadas pela Paróquia de São Sebastião acontece no próximo dia 10 e será encerrada no dia 20 de janeiro.

Da redação do blog do edy.com.br/ASCOM PMO.

Souza Cobranca
Anderson

Notas individuais do Enem serão liberadas 3ª feira

0

O resultado individual dos candidatos que fizeram o Enem será liberado para consulta, pelo Ministério da Educação, na próxima terça-feira, dia 13. Para ter acesso às notas, o estudante deve informar seu CPF e a senha que cadastrou no momento da inscrição no exame.

O MEC informou também, na tarde desta quinta-feira, que a a primeira edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terá 205.514 vagas, em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior. As inscrições serão abertas no próximo dia 19. O prazo vai até às 23h59 (horário de Brasília, 22h59 em Pernambuco) do dia 22. Mas os feras poderão consultar as vagas a partir de segunda-feira (dia 12).

Segundo o MEC, em comparação com a edição de janeiro de 2014, houve crescimento de 11% no número de instituições participantes no Sisu, 20% no de vagas ofertadas e 19% no de cursos com oferta de vagas. Na primeira edição de 2014, foram ofertadas 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições.

Houve ainda aumento no número de vagas no curso de medicina — de 2.925 na primeira edição de 2014 para 3.758 no mesmo período de 2015, o que representa crescimento de 28%. Os cursos de engenharia também tiveram ampliação na oferta de vagas de um ano para o outro, ao passar 25.128 em 2014 para 30.749 em 2015, com crescimento de 22%.

Da redação

Souza Cobranca
Anderson

No Recife, escolas públicas e UFPE na pauta da visita de Cid Gomes

0

Em visita ao Recife nesta sexta-feira (9), o novo ministro da Educação, Cid Gomes, conhecerá o modelo de gestão implantado na Cidade. O prefeito Geraldo Julio acompanhará visita ao Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Darcy Ribeiro, no Cordeiro, na Zona Oeste da Capital. O ex-governador do Ceará também visitará escolas municipais e estaduais, terá encontro com o governador Paulo Câmara e passará por instituições como a Universidade Federal (UFPE) e o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

Durante o dia de atividades, Gomes e Geraldo autorizarão o início da construção de uma Escola de Referência na Mangabeira, na Zona Norte do Recife. Com investimento de R$ 5,5 milhões, o equipamento será erguido na Rua do Cinema. O ministro também vai conhecer o Programa Robótica na Escola e outras iniciativas da gestão municipal, como a entrega dos tablets aos alunos e o ProLer, que visa a alfabetizar crianças com até seis anos.

Na pauta, também consta uma visita ao Palácio do Campo das Princesas, onde almoçará com o governador. No local, o Secretário Estadual de Educação, Fred Amancio, fará uma apresentação sobre as estratégias do ensino médio em Pernambuco.

Já na UFPE, a visita ocorrerá acompanhada do reitor Anísio Brasileiro. Serão conhecidas as obras dos prédios para o curso de Medicina e do Departamento de Engenharia de Produção, e do Laboratório Integrado de Tecnologia em Petróleo, Gás e Biocombustíveis (Litpeg). Na ocasião, Gomes também vai visitar laboratórios do Departamento de Física.

Da redação

Souza Cobranca
Anderson