ARARIPINA: Professores da Rede Municipal Estão sem receber salário de Dezembro

ARARIPINA: Professores da Rede Municipal Estão sem receber salário de Dezembro

1
COMPARTILHAR

Os professores da rede municipal de Araripina ainda não tiveram os seus salários de dezembro creditados em conta. A secretaria de finanças da prefeitura municipal tinha garantido ao SIMA – Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araripina que o pagamento seria efetuado nesta quarta-feira, dia 10.

Essa informação foi dada nesta terça-feira pela presidente do SIMA, Viviane, ao programa Rádio Notícias do radialista Chico Lima na Nova Araripe FM.

Contudo, os professores foram mais uma vez surpreendidos pela secretaria de finanças da prefeitura que comunicou o não pagamento do salário de dezembro. A prefeitura ainda disse que não tinha previsão para honrar com os vencimentos dos professores.

O blog manteve contato com os dirigentes do SIMA para saber de que forma a entidade e os professores reagiriam a essa questão. Mais uma vez lamentaram a situação em que se encontra o desprezo e a desvalorização dos professores por parte da prefeitura. E externaram preocupação com o descaso que se encontra a educação do município, com a falta de responsabilidade e compromisso com os professores.

Neste momento os professores estão reunidos em assembléia para deliberarem quais providências serão tomadas por parte da categoria. Estão na sede do SIMA e ao final da plenária decidirão os próximos passos. Decretar greve não estar descartada pela categoria.

Da Redação do Blog do Edy Vieira/Fonte: Martinho Filho

Energia Solar
Requinte
Neto Móveis
Vet Clinica

1 Comentário

  1. A prefeitura de Araripina pagou aos professores com apenas 2 dias de atrasos.

    A Prefeitura de Araripina informa que, apesar de todos os esforços financeiros quem vem implementando através do rígido controle do gasto público, o pagamento dos salários referentes ao mês de dezembro de 2017 da Secretaria de Educação foi efetuado hoje, (11), de maneira integral para os servidores do Fundeb 40 e dos inativos da educação (aposentados) e 50% para servidores do Fundeb 60.

    É oportuno esclarecer que a ajuda financeira prometida pelo Governo Federal que seria fundamental para pagar, integralmente, os salários da educação não foi e nem será efetuada pela União. Portanto faz-se necessário transparecer alguns números para que a sociedade em geral bem como os servidores da educação municipal compreendam o colapso financeiro que todos os municípios brasileiros atravessam.

    Somente em 2017, a Prefeitura de Araripina aportou cerca de R$ 8,3 milhões para a complementação das folhas de pagamento da Secretaria de Educação. Todo esse volume de recurso foi retirado de outras áreas, especialmente da infraestrutura urbana e deixou de ser investido em iluminação, calçamento, asfalto, entre outros.

    É compromisso da administração municipal manter em dia, como fez durante todo o ano de 2017, os salários, 13º salário e contribuição previdenciária. Entretanto o déficit entre o que é repassado pelo Ministério da Educação e o valor das despesas com educação estão cada vez maiores.

    Em 2017, o repasse do Fundeb (60 e 40) foi de R$ 40.122.464,60 e além destes R$ 40 milhões, a Prefeitura aportou mais R$ 8,3 milhões para complementar as despesas. Ou seja, o comprometimento de todas as receitas do Fundeb frente às despesas alcança algo em torno de 93% somente com o salário dos professores (magistério). A título de exemplo, em 2016, a receita total (Fundeb 60 e 40) foi de R$ 42 milhões, portanto, R$ 2 milhões a mais do que em 2017.

    A Prefeitura de Araripina esclarece, por fim, que todas as demais secretarias receberam seus vencimentos ainda dentro do mês de dezembro/2017 e que a Secretaria de Educação coloca-se à disposição da classe dos servidores da educação bem como da imprensa e da sociedade em geral para esclarecimento sobre quaisquer dúvidas a respeito dos números ora apresentados.

DEIXE UMA RESPOSTA

treze + 9 =